Redação sempre foi meu grande problema, meu grande medo. Ao longo do fundamental e principalmente do ensino médio, treinei muito a escrita (a máxima "redação é prática" é muito verdadeira), e meus textos melhoraram consideravelmente, contudo, ainda tinha uma insegurança muito grande, não acreditava na minha escrita, e fiz vários vestibulares ao final do terceiro ano com esse medo, o que foi prejudicial para mim. No início do ano passado, ao começar o cursinho, estava determinada a resolver meus problemas com a redação e fazer "o modelo de redação perfeita" que eu tanto almejava; nesse contexto, encontrei o blog da professora Margarete e seus textos sobre destravamento e a inexistência do tal modelo de redação perfeita. Li vários posts dela, entrei em contato, e com essa mudança de mentalidade treinei ao longo do ano valorizando a minha própria escrita, sem almejar outra, o que foi extremamente eficaz! Esse ano vou cursar Medicina, e ter aprendido a escrever - valorizando o meu modo e não procurando outros - foi determinante nesta conquista.

Ingrid Cardoso - aluna virtual de Limeira, SP, aprovada em Medicina Unesp 2018, com 10 na redação)

Aqui tem mais depoimentos!